Pedreiras de S. Gens

A partir de 1884 o Monte de S. Gens, localizado em Custóias, começou a ser intensamente explorado como pedreira, visando a edificação do porto de Leixões. Aquele que era um dos pontos mais altos de toda a região iria desaparecer num curto espaço de anos. Hoje vemos o monte de S. Gens ou, pelo menos, evocamo-lo, sempre que contemplamos os molhes do porto: ao longo desses quilómetros rochosos, mar-adentro, está o granito que até ao final do século XIX constituía aquela elevação. Mas, como é que aquelas pedras foram ali depositadas? Esse foi o papel crucial de dois gigantescos guindastes movidos a vapor – os titans!